Homem grita "Alá é grande", faz disparos e mata 3 nos EUA

No entanto, polícia ainda não sabe se caso se trata de terrorismo


Ao menos três pessoas morreram nesta terça-feira, dia 18, após serem baleadas por um homem na cidade de Fresno, na Califórnia, que gritava "Allahu Akbar" ("Alá é Grande") enquanto realizava os disparos.


                                     SAIBA MAIS

 

'Assassino do Facebook' se mata após perseguição policial

 

·        

United muda regras após passageiro ser retirado de voo

 

·         Com ciberataque, EUA podem ter sabotado míssil norte-coreano

Segundo o chefe de polícia da cidade, Jerry Dyer, o homem que começou a atirar no centro do município nesta manhã se chama Kori Ali Muhammad, de 39 anos, apelidado por ele mesmo de "Jesus Negro", e já foi detido.

De acordo com Dyer, mesmo tendo dito "Alá é Grande" em árabe, frase exclamada em muitos atentados terroristas, ainda não é possível dizer a motivação do ataque. No entanto, o oficial admitiu, durante uma coletiva de imprensa, que no perfil das redes sociais de Muhammad o homem havia publicado várias postagens contra pessoas brancas e, por isso, não parece ter ligações com jihadistas islâmicos.

https://noticias.terra.com.br/mundo/homem-grita-ala-e-grande-faz-disparos-e-mata-3-nos-eua,be1fa158f855a2c9c5ad5733dcf16a5f9eva9afs.html



Categoria:+Noticia do Mundo

Deixe seu Comentário